O que é a Afago?

AFAGO é a sigla da ASSOCIAÇÃO DE APOIO Á FAMÍLIA, AO GRUPO E À COMUNIDADE – SÃO PAULO, uma associação filantrópica, fundada em dezembro de 1993 que atua na comunidade Vila Aparecida, assim conhecida como favela da Pedreira, desde a sua fundação.

Uma obra social desenvolvida pelos membros do Movimento dos Focolares desde 1979, quando Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares lançou uma proposta a todos os membros deste vasto Movimento cristão: “dar a vida pela própria gente”, que significava procurar e trabalhar na própria cidade por aqueles que mais sofriam.

Com esta motivação, jovens e adultos do Movimento dos Focolares conheceram a comunidade Vila Aparecida, conhecida como “favela da Pedreira”, que passava por tantas privações, as casas eram de madeira e zinco e a população encontrava-se no desemprego ou subemprego e começaram a realizar algumas ações sociais.

Com um trabalho de formação humana, através de visitas nos barracos e outras iniciativas, a própria comunidade foi se desenvolvendo e num esforço conjunto entre moradores e membros do Movimento, foram sendo obtidos benefícios para a comunidade que hoje tem o aspecto de um bairro, principalmente pelo pioneiro projeto do mutirão de construção de casas de alvenaria liderado por Adriana Rocha, uma artista plástica, através do qual foram construídas mais de 100 casas, além de muitas outras reformadas.

Os participantes do Movimento Jovens por um Mundo Unido, do Movimento dos Focolares, se associaram ao mutirão e criaram o projeto “Arrumando a Casa”, e angariaram fundos para a recuperação de uma casinha de uma família numerosa e muito necessitada, que estava desmoronando.

Em 1993 uma outra grande necessidade que esta comunidade apresentou foi a situação das crianças e adolescentes que ficavam nas ruas, na ociosidade, com sérios riscos de cair na marginalidade.

Alguns membros do Movimento Famílias Novas constituíram uma associação filantrópica denominada “AFAGO-SP”, e foi implantado o “Projeto Pedreira de atendimento à criança e ao adolescente carente” através das “adoções à distância”. Trata-se de uma rede de solidariedade formada por pessoas, famílias, grupos de amigos que assumem o compromisso de colaborar mensalmente com o projeto, viabilizando a participação de uma criança, da qual se tornam “padrinhos”. Esta ação educativa se desenvolve há mais de 10 anos, atendendo atualmente 150 meninos e meninas carentes no Centro Comunitário da comunidade, reformado e ampliado pela “AFAGO-SP”.

Cada criança e adolescente participa diariamente das atividades sócio-educativas programadas no horário extra-escolar, e recebe reforço escolar, cursos de iniciação profissional, recreação orientada, esporte, roupas, medicamentos e alimentação. 
Além do projeto do mutirão e do atendimento às crianças e adolescentes, neste ano está acontecendo o projeto “Cor”, onde os jovens do Movimento, artistas e moradores estão pintando as casas por fora, dando uma “cara nova” a esta comunidade.